Blue Card- Porta de Entrada para Alemanha

Blue Card – o que é?

 

A Alemanha precisa de médicos, engenheiros, enfermeiros, biólogos – como vários outros países. Para atrair esses profissionais, procurou facilitar a vida e criar medidas que ajudassem essas pessoas com os (infelizmente muitos) processos burocráticos para se tirar um visto de trabalho.

 

Então nasceu o "Blue Card“,  instituído na Alemanha e válido para toda Europa. O Governo da Alemanha desenvolveu esse "Blue Card“ para mão-de-obra qualificada e colocou a medida desde 1° de agosto de 2012 em vigor.

 

Candidatando-se para o "Blue Card“, o cidadão que faz ou não parte da União Europeia (EU) recebe um visto de trabalho, autorização para trazer consigo cônjuge e filhos, e isso por quatro anos. Nesse período, ele pode trabalhar e garantir o sustento, além da adaptação à nova realidade.

 

Obviamente, há requisitos a serem cumpridos. O mais importante e mais difícil deles é saber falar, escrever e ouvir alemão pelo menos em nível intermediário (B1) e provar isso, quer seja com o TestOnDaf (teste online de alemão para estrangeiros), ou com certificado do Instituto Goethe, ou um curso específico para médicos. A faculdade e a especialização, se realizados fora da UE, passam por um processo de reconhecimento. Aqui há uma boa e má notícia para os brasileiros: geralmente, a faculdade de Medicina é reconhecida, as especialidades, no entanto, quase sempre não.

 

O outro requisito é que se tenha um contrato de emprego em vista ou concreto. Isso às vezes também atrapalha, porque áreas concorridas entre os alemães, como pediatria, dermatologia, endocrinologia, não necessariamente liberam vagas tão facilmente.

 

Não há prova de residência médica. O lance é entrevista e análise de currículo. Todavia, por que alguém contrataria você e não um alemão nativo com as mesmas qualificações e sem a barreira do idioma? Por isso não é de mau tom vir anteriormente aqui, participar de um estágio como ouvinte, não-remunerado, antes de se candidatar, ou mesmo fazer o Doutorado com uma bolsa do Ciência sem Fronteiras ou DAAD, por exemplo. Na Alemanha, os médicos não precisam fazer Mestrado, podem partir direto para o Doutorado.

 

Supondo que, digamos, a pessoa não tem a menor noção de alemão, mas é craque no inglês e quer vir "na louca“. Pode também. Sim, o governo te libera 6 meses para procurar emprego e aprender alemão aqui. Entretanto, a pessoa precisa provar que tem meios financeiros de se manter esse tempo sem auxílio governamental.

 

Os jornais noticiam, porém, que o "Blue Card“ tem sido um grande fiasco. Ninguém praticamente ouviu falar dele – eu, particularmente, não conheço ninguém na minha área que tenha. A maior parte deles foi recebido por estrangeiros que já moravam na Alemanha, e só 30% foi remetido a estrangeiros fora do país – ou seja, 70% da mão-de-obra já estava empregada na Alemanha, não alterando em grande parte a quantidade de novos empregos.

 

Além disso, os salários têm que ser de, pelo menos, 46.400 Euros ao ano (bruto), ou para áreas em grande necessidade, como médicos e engenheiros, 36.200 Euros ao ano (bruto).  A maioria das pessoas que pediram e conseguiram o "Blue Card“ são da Rússia, China, Índia e Síria. 

Ou seja: brasileiros interessados, entrem em contato! Há uma Hotline em inglês e alemão para perguntas e respostas – olha os números nesse link:

http://www.bluecard-eu.de/eu-blue-card-germany/application.html

 

http://www.eu-bluecard.com/eu-blue-card-germany/

 

Há também um "quick-check“ sobre o que fazer em cada situação. Olhem nesse link (em alemão):

http://www.make-it-in-germany.com/de/quer-fachkraefte/arbeiten/quick-check

 

Por sinal, pela tão rara procura, estão pensando em cancelar esse benefício, que facilita bastante a vida de todos.

 

Aproveitem essa facilidade – na minha época (2007) não existia!

 

Links úteis:

 

O que é Blue card: 

http://www.auswaertiges-amt.de/DE/Infoservice/FAQ/ArbeitLebenDeutschland/02a-Blue%20Card%20EU.html?nn=383016

Página em inglês:

http://www.bluecard-eu.de

 

Quick-check: 

http://www.make-it-in-germany.com

http://www.make-it-in-germany.com/de/fuer-fachkraefte/arbeiten/quick-check

 

Trabalhar na Alemanha/visto de trabalho:

http://www.germany-visa.org/working-germany-getting-german-work-permit/

 

Arquivo em PDF sobre trabalhar na Alemanha: 

http://www.make-it-in-germany.com/fileadmin/content/make-it-in-germany/PDF/Ratgeber-Arbeiten-in-Deutschland_dt.pdf

 

Informações gerais para médicos: 

http://www.make-it-in-germany.com/de/fuer-fachkraefte/arbeiten/gefragte-berufe/aerzte

http://www.kompetenzen-gesundheitsberufe.de

 

Reconhecimento de diploma para médicos: 

http://www.anerkennung-in-deutschland.de/tools/berater/de/berater/list/page/1

 

Notícias:

  http://www.welt.de/politik/deutschland/article111260047/Die-deutsche-Blue-Card-ist-bisher-ein-Flop.html

http://www.welt.de/politik/ausland/article118419336/Blue-Card-lockt-2500-Fachkraefte-nach-Deutschland.html

 

http://www.welt.de/wirtschaft/article106130441/Deutschland-oeffnet-sich-fuer-qualifizierte-Auslaender.html

Blog

02/04/2018 17:05
Sobre os custos básicos de vida na Alemanha   Oi, gente querida! Espero...
01/08/2017 17:31
É sempre gratificante receber o retorno de pessoas que acompanham o Blog....
26/07/2017 12:31
    Aqui na Alemanha também podemos, como no Brasil, oferecer cursos...
17/01/2017 11:42
Let's talk about money:  Muitos me perguntam "quanto ganha um...
17/01/2017 11:40
  Estou compartilhando essas novas e importantes informações que recebi...
Itens: 1 - 5 de 19
1 | 2 | 3 | 4 >>

Contato

Médica brasileira na Alemanha medicabrasileiranaalemanha@gmail.com