Elisa Bolzan Arroque

Gleichwertigkeit
 

Então, vou contar aqui da prova, e da seqüência pra chegar nela. 

Vamos do começo: 
Local onde dei entrada de tudo: Niedersachsen

Pq? Porque foi lá que achei um hospital que me deu uma vaga com Beruferlaubnis, e ficou esperando por mim.
Entre enviar os papéis pra Beruferlaubnis e receber a primeira resposta: 1 mês.
Tempo pra analisaremos documentos e dizerem que eu podia fazer a Fachspracheprüfung: cerca 5 semanas.
Tempo pra a data da Fachspracheprüfung: 5 semanas.
Recebi a Beruferlaubnis cerca 10 dias depois da prova.

Dei entrada na Aprobation. Levou cerca de 2 semanas pra uma resposta, perguntando se eu queria revalidar o currículo por prova ou por comparação. Escolhi por prova. Levei 5 meses pra ser convidada pra prova, que seria em 1 mês e 10 dias depois. Na carta foi dito que se eu recusasse essa data, teria que justificar o motivo e provar. Aceitei a data, e ai comecei a estudar pra prova. Tive um mês e 10 dias, nisso tirei duas semanas de férias.

A prova foi em Göttingen, na Uni Klinik, na Gastroenterologia. Começou as 10h 30, e como fui a última, terminou às 13h30.
Eram três examinadores, dois gastros e uma cirurgiã geral. 
Primeiro eles explicaram o desenrolar da prova. Os examinadores pareciam bem legais, mas não necessariamente simpáticos. A melhor definição seria: nett. 

1ª Parte: 1 hora, Prática com o paciente
Cada uma de nós (éramos 3) foi com um examinador pra um paciente. Meu paciente tinha tido uma pancreatite. Tive que fazer uma rápida anamnese enquanto o examinador olhava. Depois ele pediu que eu examinasse coração, pulmão e abdômen. Examinei o coração, ele perguntou o que eram as bulhas cardíacas, o que era sistólico e diastólico. Descrevi que estava normal. Auscultei o pulmão, descrevi que estava normal. Palpei o abdômen, descrevi que estava normal. Ele perguntou o que eu auscultaria no casa de um Ileo. Disse que dependeria de ser paralitico ou mecânico, expliquei os dois. Ele ficou satisfeito, e me deixou meia hora sozinha com o paciente pra terminar o Anamnesebogen.

2ª Parte: Teórica oral, essa tá escrito que leva em média 1 hora. Como fui a última e fui respondendo certo, e meus examinadores deviam estar de saco cheio, acho que levou entre 20 e 30 min:

Começa com eu apresentando o caso do meu paciente. Como era uma pancreatite, começaram perguntando de pancreatite. Causas (biliar, alcoólica, medicamentosa - perguntaram um exemplo de medicamento, eu não sabia-, excesso de triglicerídeos), como faz o diagnóstico, um pouco da fisiopatologia. Depois a cirurgiã falou de um caso: homem, 75 anos, dor abdominal baixa. O que pode ser? Diverticulite. O que é diverticulite, onde da mais, é um falso divertículo, o que significa isso, onde tem verdadeiros divertículos. Falei do de Merkel, depois Zenkel (Zenkel tb é pseudodiverticulo, errei). Depois outro caso de idoso, dor abdominal difusa, com alivio por umas horas, depois dor intensa. O que pode ser? Isquemia mesentérica. Pq as três fazes? Explicar fisiopatologia, onde da mais isquemia, o paciente tinha Fibrilação atrial, então provavelmente era uma embolia. O terceiro examinador perguntou de um paciente que tava na TC, e ficou com dispneia e taquicardia. O que pode ser: choque anafilático por contraste. O que faz. (errei a dose da adrenalina). Depois de uns dias o paciente na UTI com taquicardia: crise tirotóxica por Iodo do contraste. Tratamento, Carbimazol, principal efeito adverso do Carbimazol, Agranulocitose (não sabia). Fim da prova.

Pediram pra eu sair, em um minuto me chamaram, passei!

 

Minhas impressões da prova:
Meu examinadores eram legais, e dispostos a ajudar e explicar o que esperavam de nós. Como vocês viram, não precisa responder 100% certo. Precisa mostrar conhecimentos, principalmente o básico de diagnóstico e fisiopatologia. Eu também acho que, pelo menos meus examinadores, partem do princípio que já somos médicos, que é mais uma prova pra comparar a medicina aprendida, e mostrando um mínimo de segurança em anamnese, exame físico e diagnóstico, o objetivo deles não é rodar ninguém. Também ajuda o Grupo Gleichwertigkeitsprüfung für Auslandische Ärzte, porque lá achei protocolos desses examinadores (a pergunta do choque anafilático e crise tirotóxica esse médico da minha comissão sempre faz, e eu tinha lido na noite anterior).

Pra estudar, eu usei o ALEX ABC como livro texto básico, mas também poderia ter sido o Harold, ou o AMBOSS (site online com os conteúdos de livro texto, e ainda perguntas interativas, custa 5 euros por mês), os livros 150 Fälle Innere Medizin (li todos os casos) e 140 Chirurgie (só li os casos mais importantes), e o Frage und Antowort de cirurgia e medicina interna (também não consegui ler os dois até o fim). O livro básico achei bom pq tinha muitas coisas que já havia esquecido, e eu sou nerd e gosto de estudar em livro. Não gosto do Harold pq ele é meio que em itens, não bem um livro texto. Mas isso é questão de gosto. O livro de casos é muito importante, porque aqui eles tão acostumados a fazer provas orais orientadas por casos clínicos, que é uma coisa que pelo menos na minha faculdade quase nunca aconteceu (só uma prova de medicina de emergência foi assim). O Frage und Antwort traz mais perguntas de diagnóstico e fisiopatologia, e é bem profundo nas perguntas, bem mais do que foi na minha prova.

Não me perguntaram nada de Strahlenschutz, nem de exames de imagens, farmacologia clínica muito pouco, medicina de emergência nada. Mas esses são os temas que além de Medicina Interna e Cirurgia podem ser perguntados em Niedersachsen.

Boa sorte a todos, mais adiante escrevo um texto com minha história e opiniões sobre a Alemanha, e próximos passos. Por enquanto sigo trabalhando na Medicina Interna, em Vechta, até junho. E muito obrigada pelos parabéns.

 

 

Blog

02/04/2018 17:05
Sobre os custos básicos de vida na Alemanha   Oi, gente querida! Espero...
01/08/2017 17:31
É sempre gratificante receber o retorno de pessoas que acompanham o Blog....
26/07/2017 12:31
    Aqui na Alemanha também podemos, como no Brasil, oferecer cursos...
17/01/2017 11:42
Let's talk about money:  Muitos me perguntam "quanto ganha um...
17/01/2017 11:40
  Estou compartilhando essas novas e importantes informações que recebi...
Itens: 1 - 5 de 19
1 | 2 | 3 | 4 >>

Contato

Médica brasileira na Alemanha medicabrasileiranaalemanha@gmail.com